quarta-feira, 9 de maio de 2012

Teólogos explicam porque a galinha atravessou a estrada


Greg Boyd: É uma possibilidade que a galinha tenha atravessado a estrada.

Rick Warren: A galinha tinha propósitos.

Mark Driscoll: A galinha atravessou por causa da liderança do galo.

Rachel Held Evans: Estamos falando de galinhas aqui, não porcos.

Pelágio: Porque a galinha foi capaz de fazer.

John Piper: Deus decretou o evento para maximizar a sua glória.

Irineu: A glória de Deus é a galinha plenamente viva.

C.S. Lewis: Se uma galinha descobre em si mesma desejos os quais nada neste lado possam satisfazer, a explicação mais provável é que ela foi criada para o outro lado.

Billy Graham: A galinha se entregou toda.

Pluralista: A galinha tomou uma das muitas estradas igualmente válidas.

Universalista: Todas as galinhas atravessaram a estrada.

Aniquilacionista: A galinha foi atingida por um carro e deixou de existir.

Fred Phelps: Deus odeia galinhas.

Martinho Lutero: A galinha estava deixando Roma.

Tim LaHaye: A galinha não queria ser deixada para trás.

Harold Camping: Não conte suas galinhas, até que tenham chocado.

James White: Eu rejeito a exegese centrada na galinha.

John Wesley: O coração do galinha foi estranhamente aquecido.

Tomé: Eu não acredito que a galinha atravessou a menos que eu veja com meus próprios olhos.

Filipe: A galinha foi teleportada para o outro lado.

Rob Bell: A galinha. Atravessou a estrada. Para ter. Óculos legais.

--

Os leitores do blog original postaram algumas respostas adicionais:

Joel Osteen: A galinha atravessou a estrada para maximizar a sua realização pessoal, para que ela pudesse ser tudo o que Deus a criou para ser.

Creflo Dollar: Deus disse a galinha que se ela cacarejasse, "Essa terra do outro lado da estrada é minha!" Ela poderia reivindicá-la. Ela atravessou a estrada para tomar posse.

Roger Olson: A galinha não reconhece claras fronteiras evangélicas.

Pedro: Que galinha? Que estrada? Nunca conheci uma galinha! (o galo canta)

Ezequiel: Deus ressuscitou os ossos de galinha e depois ela atravessou a estrada.

Paulo: A galinha foi dormir e caiu para fora da janela apenas para ser capaz de atravessar a estrada.

TD Jakes: A manifestação do galinha atravessar a estrada foi pela suas bênçãos.

Jim Wallis: A pobre galinha estava fugindo dos fundamentalistas.

Gary Demar: A galinha estava fugindo da destruição de Jerusalém em 70 d.C. É isso aí.

Emergente: Para esta galinha, não é o seu destino que é importante. É a viagem em si.

Cristão pacifista: Este é claramente um ato de agressão do galinheiro que é condenado no Sermão do Monte.

N.T. Wright: Esse ato da galinha, que seria impensável em galinheiros britânicos, fede a individualismo norte-americano que é destrutivo para a comunidade.

Al Mohler: Quando uma galinha começa a pensar teologicamente, ela não tem outra alternativa senão vir para o lado calvinista.

Bill Gaither: A galinha, obviamente, viu algo de belo, algo de bom, do outro lado da estrada.

Freud: Este exercício é, obviamente, movido pela inveja da galinha.


Fonte: Society of Evangelical Arminians