segunda-feira, 1 de setembro de 2014

O Tipo de Igreja que Eu Gosto



Em um boletim do Angelus Temple em 1924, Aimee Semple McPherson apresentou um artigo detalhando as características de uma igreja saudável dedicada a salvar almas e alcançar o mundo para Cristo.

O tipo de igreja que eu gosto é uma igreja lavada pelo sangue, cheia do Espírito, arraigada e alicerçada na Palavra de Deus, biblicamente sólida na doutrina, e firmada para verdades fundamentais tais como:

A inspiração da Escritura; o nascimento virginal do Senhor Jesus Cristo; a gloriosa expiação pelo sangue derramado na cruz do Calvário; a ressurreição; o poder atual do Espírito Santo; e a segunda vinda do nosso Senhor.

Uma igreja que é cheia do amor de Cristo, um amor que é triplo. Em primeiro lugar, ele olha para cima na direção de Deus com todo o coração, mente e força. Em segundo lugar, ele olha com amor para os irmãos. Em terceiro lugar, ele olha para baixo com terna solicitude para com a humanidade pecadora e perdida.

Uma igreja que é interdenominacional em espírito, onde todos os homens possam se encontrar na mesma condição aos pés da cruz e satisfazer os seus corações famintos da Palavra do Deus Vivo.

Uma igreja que é evangélica na mensagem, cujo clamor constante e lema sejam “as almas.”

Uma igreja que é internacional no projeto, tendo um grande interesse em enviar para fora e apoiar os missionários estrangeiros no campo.

Uma igreja com muitas crianças instruídas para Deus e com muitos jovens, que dedicam as suas vidas para o ministério em casa e para fora.

Uma igreja que é profundamente espiritual, firmemente construída sobre a rocha e que ainda mantém o calor do fervor religioso.

Uma igreja cujos membros são completamente nascidos de novo. Que são pessoas de oração, sóbrios, devotos ganhadores de almas, vivendo uma vida cristã consistente sete dias por semana.

Uma igreja onde o pastor e o povo estão unidos pelos fortes laços do amor de Deus e pelo desejo de ganhar almas.

Uma igreja que nunca é fechada, mas tem negócios com Deus 24 horas por dia, e sempre está aberta onde a humanidade perplexa e carente pode encontrar salvação, conforto e direção.







Imprima este artigo em PDF

0 comentários:

Postar um comentário