quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Arqueólogos franceses: A mais antiga escultura de falcão do mundo foi descoberta na Síria

Por M. Nassr

Terça-feira, 14 de Setembro de 2010. 16:23



Síria (Damasco) - Síria, arqueólogos franceses descobriram a mais antiga escultura de falcão do mundo, que remonta ao décimo milênio a.C, é a reportagem do Global Network Arab de acordo com a al-Baath Newspaper, uma estatal síria.

A Direção-Geral de Antiguidades e Museus do Ministério da Cultura disse Sana que a escultura de falcão foi descoberta durante os trabalhos arqueológicos na área de Belaas, Hama, Síria central.

A Direcção afirmou que a descoberta prova que a Síria é o primeiro a usar o falcão como símbolo oficial da República Árabe Síria.

A descoberta ocorreu durante as escavações da expedição conjunta sírio-francesa, isso prova que o falcão sírio é 5 milênios mais antigo do que todas as outras esculturas, o que prova, em contrapartida, o papel histórico da região onde a escultura foi criada pela primeira vez e depois se espalhou para o mundo inteiro junto com outros aspectos da cultura dos sírios na contribuição para a cultura humana.

(al-Baath Newspaper, SANA)


Fonte: Global Arab Network

0 comentários:

Postar um comentário